Estratégias nutricionais para queda de cabelo do paciente bariátrico

Uma das maiores preocupações na cirurgia bariátrica é em relação a queda de cabelo, este processo geralmente ocorre entre o terceiro e oitavo mês de pós operatório.

Algumas pessoas podem apresentar maior queda de cabelo que outras e as principais causas são:

1 – Má nutrição na fase pré-operatória, tem muita relação com os antigos hábitos alimentares, muitas vezes com baixa ingestão de nutrientes.

2 – Alimentação e/ou suplementação inadequadas: adoção de dietas restritivas, dietas da moda não suprem as carências do pós-cirúrgico.

3 – Má absorção de nutrientes, alguns procedimentos na cirurgia bariátrica podem alterar a capacidade de absorção de nutrientes, alguns são essenciais para a saúde capilar, podemos destacar cálcio, zinco, vitaminas do complexo B e ferro.

Muitas vezes investir em suplementos, shampoos e cosméticos não é suficiente, já que o correto é tratar a raiz do problema repondo as vitaminas importantes para saúde capilar.

Para quem fez cirurgia bariátrica é essencial ficar atento a ingestão destes citados abaixo:

Proteína: Importante para crescimento e regeneração de tecidos, 88% do bulbo capilar é formado por proteínas.

Fontes alimentares: carne, frango, ovos, peixes, queijo.

Vitamina C: é um nutriente muito importante para sintetizar colágeno, responsável pela composição dos nossos ossos, unhas e fios de cabelo.

Deficiência pode danificar os fios, ressecando, afinando-os e criando pontas duplas.

Fontes alimentares: morango, acerola, mamão, laranja e limão.

Zinco: Fator de crescimento e desenvolvimento dos cabelos.

Deficiência: cabelos finos, quebradiços sem brilho.

Fontes alimentares: gemas de ovos, caju, nozes, carne vermelha, frango e peixe.

Ferro: Fundamental para manter a saúde dos folículos e o crescimento normal dos fios.

É importante que a reserva de ferro no organismo esteja sempre equilibrada. As mulheres, por exemplo, com período menstrual prolongado ou em muita quantidade, perdem ferro mais do que o normal, podendo ficar anêmicas, e esta falta de ferro pode provocar perda de cabelo

Fontes alimentares: carne vermelha, feijão, lentilha, gema de ovo, espinafre, brócolis, cereais integrais.

Vitaminas do complexo B são cofatores de enzimas no processo de proliferação celular e formação de novos fios de cabelo, exercem papel fundamental no metabolismo energético das células produtoras de queratina.

Fontes alimentares: cereais integrais, carnes, leites, peixes, ovos, frutos do mar, vegetais folhosos, levedura de cerveja, legumes, brócolis, batata, tomate, milho e amendoim.

Marisa Diniz Graça
Nutricionista Clínica

CRN-3: 33015